Samba número 17 - Carnaval 2019


Oh Senhor
Guiado pelos olhos do pavão
Vamos juntos caminhar
E aprender com o Pai da Humanidade
O homem sem fé vive na escuridão
Nosso mundo é melhor repartindo o pão
O sol aquece a terra e o trigo nasce
Fruto dessa fonte de esperança
No mundo o alimento mais sagrado
Também vilão nas mãos de quem rege a ganância
E a massa que amassa essa massa
Buscando na luta o pão de cada dia
Através dos tempos poucos com fartura
Passando distante dessa maioria

Quero exemplo do Senhor
Ouvir o ecoar da sua voz
Multiplique e partilhe o amor que está dentro de vós

Então vamos nos dar as mãos
Não importa qual seja a religião
Formando a corrente da fraternidade, pra todos
Unindo as vozes num só canto
Sem distinção de cor e raça
O mundo vai ser mais feliz
A vida vai ter mais graça

Ouça meu clamor
Ergo as mãos pro céu
Eu sou Tijuca
Estrela mais brilhante do Borel