Samba número 10 - Carnaval 2019

AUTORES: Dudu Nobre, Thompson, Paulo Oliveira, Amaral e Anderson Benson


Intérprete: Vitor Cunha/Dudu Nobre

Pai.. ensina a partilhar o pão
Dá voz ao meu samba
Faz dele oração
A aura do pavão pode vencer o mal
A intolerância inconsequente irracional
A paz... Há de prevalecer, somos iguais
Pra transformar um mundo tão cruel
Convoquei o povo lá do morro do borel

Seguimos todos por um, unidos em comunhão
Vencer a fome alimenta o coração.

Os negros trouxeram dor em suas almas
Pros negros o samba, alegria, e as palmas
Nasceu de um punhado de trigo nas mãos
E a vida coube debulhar os grãos
Por entre rios e amor
Na luz do olhar do criador
Da luta, cada gota de suor
Do mais humilde servo ao faraó

A água não Há de faltar, ninguém vai secar nosso axé
A massa precisa de amor e fé

Eu sou Tijuca
Não me faz de alforria
Não existe liberdade, sem o pão de cada dia
Eu sou Tijuca
Samba é meu ganha pão
Quero mais Honestidade, e o clamor desta nação.

ô ô ô ô ô ô ô
Ia Ia Ia!