Samba número 8 - Carnaval 2019

Compositores: Marcus Cruz, Marinho Cruz, Thiago Lima, Zeca da Penha


Intérprete: Zeca da Penha Cavaquinho: Bruninho do Cavaco

Abençoada criação
Que alimenta a humanidade
Do trigo que se faz o pão
Vem o clamor da igualdade
Semente que norteia o homem
O seu destino, sua missão
Presente em nosso dia a dia
Simbologia do amor
O Borel te transforma em poesia
Mostrando ao mundo todo seu valor

Alimento de fé e luz
Que nos sustenta e conduz
Cordeiro que vem nos ensinar
Em oração multiplicar

Desigualdade eu quero a sua extinção
De um lado a FOME, do outro lado a AMBIÇÃO
O pobre operário que batalha
Lutando pra sobreviver
Povo tão sofrido e oprimido
Por governantes sedentos de poder
Vamos mudar essa história
E acabar com a ganância
Desfrutar do amor do PAI
Vivendo em plena abundância

Chegou a hora de fazer a nossa parte
Nós dar as mãos e partilhar o PÃO DA VIDA
Tijuca semeando a paz
Na esperança de um novo dia